• Eduarda Francisco Pires

Avaliação Técnica de Área para Plantio



A tomada de decisão e a análise correta do plantio vai impactar a produção e definir seu sucesso. A avaliação técnica vai determinar os processos realizados para a introdução da cultura de interesse na área desejada.


Imagem de Peggy_Marco, CC0, via Pixabay


Se interessou? Arrasta para baixo!


Para começar uma análise técnica de plantio é necessário saber:

  • Localização;

  • Tamanho da área;

  • Como é a área: declivosa, plana, de mata densa, de mata nativa ou de plantio;

Além disso, é preciso avaliar processos como:

Análise de Implantação do povoamento


Essa análise consiste em um estudo do que se deseja plantar, pois o crescimento de uma arvore é influenciada pelo fator genético com o meio ambiente, na qual incluem as variáveis climáticas, topografia, o solo e a competição com outros seres vivos do ambiente. Espaçamento

A escolha do espaçamento é muito importante para o planejamento do plantio, pois ela interfere na disponibilidade de recursos como: água, temperatura e luz. Além de influenciar no rendimento da cultura e nas operações a serem realizadas no plantio, como aplicações de defensivos, exploração e todo o custo do processo.

Amostragem do solo

A amostragem do solo consiste em selecionar uma amostra de terra, que precisa representar a área que vai ser implementada a cultura. Ela proporciona um diagnóstico da fertilidade do solo por meio da identificação dos nutrientes e fatores químicos presentes naquele ambiente, possibilitando a correção correta do solo e adubação do plantio.


Imagem de Alessandro Samuel-Rosa, CC0, via Wikimedia Commons

Preparo do solo

O preparo do solo busca melhorar o solo da área com o objetivo de garantir o crescimento da cultura. Para isso, é preciso identificar o equilíbrio entre as estratégias e os métodos silviculturas, para que estes colaborem com a produtividade a longo prazo, buscando causar mínimo ou nenhum impacto que seja negativo para o meio ambiente. O preparo do solo consiste em técnicas como:

  • Aração;

  • Subsolagem;

  • Gradagem;

  • Calagem.

Essas correções são identificadas através do tipo de preparo que vai ser realizado naquela cultura, podendo ser: plantio convencional, plantio direto, de plantio semidireto e de cultivo mínimo.


Imagem de andreas160578, CC0, via Pixabay


Quantidade e qualidade das mudas

É preciso analisar o tamanho do local e o espaçamento da cultura de desejo do cliente, para determinar quantas mudas vão se necessárias. Após esse processo, é preciso identificar o tipo de semente, a qualidade da mesma, a adubação e o seu manejo, com o intuito de selecionar as melhores mudas, visando obter o retorno financeiro desejado e evitar prejuízos.


Imagem de Abeldomi, via Pixabay

Plantio


Nessa hora é preciso ter uma série de cuidados para que o crescimento inicial das mudas seja bem sucedido, como por exemplo, verificar se o solo está preparado corretamente para a cultura que vai ser implementada, até mesmo analisar o dia que vai ser realizado o plantio, pois isso também definirá o seu sucesso. Por isso, é necessário escolher um dia que seja favorável para aquela cultura. Além disso, é preciso transportar a quantidade certas de mudas que serão plantadas no dia.

Replantio

Nem sempre todas as mudas vão vingar naquele local. Após o plantio, é preciso analisar a porcentagem de falhas e avaliar quantas mudas precisarem ser plantadas novamente.

Manejo de Plantas Daninhas

Esse processo é muito importante para manter a produtividade, pois visa controle de plantas daninhas, uma vez que, elas competem por água, luz e espaço com a cultura da área.


Formiga

Nessa fase, ocorre o estudo para o controle das formigas cortadeiras, que podem causar grandes problemas para o plantio, sendo estas responsáveis por grandes prejuízos nos empreendimentos florestais, podendo ser controladas por meio de:

  • Processos naturais;

  • Processos químicos.


Essas análises são importantes para determinar não só o custo, mas também o impacto que você vai causar naquele ambiente, antes de realizar certos tipos de plantios é sempre bom fazer uma análise detalhada do local e do plantio do seu interesse.



Gostou do artigo? Acompanhe a gente se inscrevendo no nosso blog através do botão"Login/Registre-se".




8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
VOLTE SEMPRE!

A Flora Jr. é uma empresa júnior, sem fins lucrativos, visando sempre fomentar o empreendedorismo entre os alunos de Engenharia Florestal da UFRRJ, além do bem-estar dos nossos clientes através de projetos realizados com maestria e a um baixo custo. Você faz parte dessa história!

NOSSOS PRINCIPAIS SERVIÇOS:

- Inventário Florestal

- Consultoria Ambiental

- Restauração Florestal

- Análise de Água

- Educação Ambiental

- Horticultura

- CAR

ENCONTRE-NOS:

UFRRJ - Rodovia BR 465,

Km 07, s/n - Zona Rural,

Seropédica - RJ, 23890-000

 

(21) 97016-4624

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • LinkedIn ícone social

© 2019 Flora Jr. | Alguns direitos reservados.