• Flora Júnior

O Desmatamento do Cerrado



O Cerrado


O bioma Cerrado ocupa cerca de 22% do território brasileiro, sendo o segundo maior bioma do Brasil e da América do Sul. A sua fauna e flora são muito diversificadas, com árvores que podem chegar a 20 metros de altura, além de apresentar um número muito grande de espécies animais, com destaque para os insetos.


O seu clima é definido por verões chuvosos e invernos secos, proporcionando uma intensa evapotranspiração e uma vegetação com cactos, além de uma incidência solar que consegue mudar a coloração das árvores. O seu ciclo hidrológico conta com processos de evaporação, transpiração, precipitação, escoamento superficial, infiltração e escoamento subterrâneo, o que torna essa área um destaque para o seu potencial aquífero.


O cerrado atrai atenção pela sua biodiversidade que a torna um potencial econômico, ademais, a presença de espécies variadas com fins terapêuticos, como alfavaca, assa-peixe e mangaba, possibilita também um potencial medicinal. Porém, esse destaque vem gerando um grande impacto ambiental na região, com um crescente desmatamento que em 50 anos já reduziu a sua vegetação originária em 50%.

Imagem de Moronifilho, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons



Responsáveis pelo o seu desmatamento


Um dos grandes responsáveis pela sua degradação é a agropecuária, que engloba a agricultura, pecuária e o fornecimento de matérias-primas para o consumo da sociedade, essas atividades compõem o Produto Interno Bruto (PIB), ou seja, tem sua importância para a qualidade de vida da população. Entretanto, seus métodos de produção em sua maioria utilizam práticas que causam um significativo impacto ambiental.


Frequentemente são iniciadas queimadas para abertura de campos para o cultivo de plantas e gados, que geram pouco gasto no preparo inicial do solo, mas em contrapartida prejudicam a biodiversidade do bioma.

Importante ressaltar que o Cerrado pode passar por queimadas de forma natural, por conta da baixa umidade e alta temperatura, que criam condições para esse fenômeno, porém, isso em conjunto com focos de queimadas de forma não natural, causam uma destruição da sua biodiversidade de forma muito rápida e perigosa, podendo afetar várias regiões ao redor.


Com criação do gado, o esterco que é gerado nesse processo gera graves problemas para o solo, levando a contaminação da água que é consumida pela população, pois ele fica depositado no solo sem um tratamento adequado, por conta disso infiltra no lençol freático, o que provoca a contaminação de outras reservas de água ao redor. O esterco e urina ali presentes, criam o chorume, e por ser uma matéria orgânica, rouba o oxigênio da água, levando a morte de peixes.

Imagem de José Cruz/ABr, CC BY 3.0 BR, via Wikimedia Commons


Emissão de Carbono


Com o desmatamento do cerrado de forma acelerada, bilhões de toneladas de dióxido de carbono são liberadas na atmosfera, emitindo gases de efeito estufa que acarretam problemas para o clima de outras regiões, entre outras consequências. Saiba mais no post da Ecoflorestal Jr!

Imagem de RosarioXavier, Via Pixabay



Como impedir esse impacto?


Com a evolução tecnológica foram criados métodos sustentáveis para produção agrícola, com o objetivo de minimizar o impacto ambiental causado por essa exploração. Saiba mais no post da Cenagri Jr!


Todavia, um número significativo de propriedades ainda utilizam métodos tradicionais, que necessitam de um menor investimento, mas carregam consequências alarmantes para o mundo verde. Essa forma de produzir tradicional é muito vista em países subdesenvolvidos, onde há menor incentivo e investimento em novas tecnologias para área rural.


Conheça nosso portfólio e veja o que Flora pode por você!


Acesse: https://www.florajunior.com/portfolio

Gostou do conteúdo? Compartilha com os amigos e não esqueça de nos acompanhar nas redes sociais. Estamos sempre nos atualizando e trazendo temas incríveis para você! Acompanhe a gente se inscrevendo no nosso blog através do botão "Login/Registre-se".



Fontes:

Mundoeducacao.uol.com.br - Cerrado. Acesso em 15 de julho de 2021.

Mercyforanimals.org.br - Pecuária traz risco crescente de contaminação do solo, alerta agência da ONU. Acesso em 15 de julho de 2021.

Mundoeducacao.uol.com.br - Agropecuária. Acesso em 15 de julho de 2021.

Oeco.org.br - Mais de 3 milhões de hectares já queimaram em áreas protegidas no Cerrado em 2020. Acesso em 15 de julho de 2021.

Brasilescola.uol.com.br - Ação do fogo no cerrado. Acesso em 15 de julho de 2021.

G1.globo.com - Esterco tratado vira fertilizante e evita contaminação de nascentes de água.

Acesso em 16 de julho de 2021.

Wwf.org.br - É preciso interromper o desmatamento. Acesso em 16 de julho de 2021.

Cerrado.museuvirtual.unb.br - Hidrografia. Acesso em 17 de julho de 2021.







8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo